• Malau

Amuza : o impossível é só questão de ponto de vista

Quando deixamos de não ter medo do impossível?

É realmente difícil mensurar a data exata, mas as burocracias e a frieza do mundo acabam por usar todo nosso combustível criativo e nem nos dão tempo de nos reabastecer. Além de tudo, nos é passada a sensação de que sempre estamos perdendo algo pelo caminho. E não é mentira. A questão é: Sabemos que vamos perder, mas como sabermos o que devemos aproveitar? É aí que começa a jornada da Amuza.


A velocidade e as oportunidades oferecidas pelo mundo e pessoas com as quais me encontrei durante a vida começaram a me causar um incômodo (positivo). Não estava mais satisfeita em ter o meu ritmo de criatividade ditada por outra pessoa. A vontade de escrever a minha história com as minhas próprias palavras urrava dentro de mim, e só eu não percebia. E foi através de um estalo provocado por uma pessoa a qual eu admiro muito que eu percebi que a minha inquietude tinha motivos e fundamentos.

Foram meses de desenho de estruturas, identidades e processos. Eu não queria que fosse mais uma agência marketing de estratégia digital onde as histórias fossem encaixadas em pre-sets; eu queria que assim como eu, os #Amuzers pudessem escrever as suas histórias com as suas próprias palavras. E Amuza não foi o primeiro nome. Nós já fomos Aura, Stella e Quasar. Mas sabe quando você tem aqueles insights que nem Freud explica? Então, foi assim com o nome Amuza. Uma palavra do idioma esperanto, aquele criado para ser o idioma universal, e que significa alegria, diversão e encantamento.

Carregamos o nosso propósito em nosso nome. Nosso propósito com você não é apenas de business partners, mas como também de grandes amigos que compartilham uma jornada. O que oferecemos não é apenas serviços estratégicos, são transformações e impactos criativos.

Aproveitamos para firmar um compromisso de caminhar de mãos dadas em toda a sua experiência Amuza e de nos preocupar com o impacto além do óbvio. Nosso compromisso com você se estende a sua comunidade, seus fornecedores e todos os players envolvidos.

Então eu volto a pergunta do começo do texto, mas de um modo diferente: Quando você deixará de ter medo do impossível?

Uma coisa eu posso te afirmar: O mundo impossível é muito mais legal.


Com amor e criatividade,

Malau

CEO da comunidade #Amuza

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo